BUGS and FIXES

Aqui você fica sabendo, nas internas, o que está acontecendo na LOST ART. Ajude: Sugestões, críticas, erros, etc. podem ser corrigidos enviando um e-mail.

15.06.01

Mais um update na página das mulheres: Rosângela.

14.06.01

Vitché indica um site bacana. Continuamos fazendo a página de mulheres e fizemos mais um update. Quando a Lou fotografou a Tatiana Ceratti para a Playboy ela fez alguns testes antes do ensaio, na praia de Camburi e em São Paulo. Nesta galeria, você pode ver algumas imagens que não entraram na revista.

©LouiseChin

13.06.01

©LouiseChin

Uma das páginas mais visitadas deste site é a de mulheres, que não estava pronta nem funcionando mas sempre estava no top ten nos acessos. Agora ficou pronta, mas só dá pra ver uma seção, a da Alessandra.

As páginas de bike vertical, com Índio, Juca Favela, Cunhado e cia. estão quase prontas. O Índio quebrou o recorde brasileiro de aéreo, atingindo 3,30m de altura. Já o recorde mundial é do Dave "Miracle Boy" Mirra com mais de seis metros de altura. Veja o vídeo em quicktime aqui.

No Metafilter, um link para o mais arriscado faça-você-mesmo : Rocket Guy. Hay que tener cojones...

12.06.01

Brasil, terra de contrastes: Ontem ao conversar com o Michel, diretor de arte da Playboy, ele mandou muito bem ao lembrar que seis meses atrás, no Natal, a cidade estava realizando concursos para escolher a casa mais iluminada...

Para entender melhor os abusos das grandes corporações com os colaboradores, basta ler uma frase do annual report da revista Time: "Nas empresas de mídia e entretenimento do futuro, os vencedores serão proprietários do copyright da produção criativa, assim como os canais de distribuição." Nós acrescentamos: se você assinar as cessões das editoras sem ler, estará dando um tiro no próprio pé. Ontem foi a decisão na Suprema Corte sobre o caso Tasini vs. NY Times. Estivemos acompanhando o caso, que decidirá se empresas podem ou não redistribuir material produzido por colaboradores sem pagamento adicional, uma prática comum e abusiva. Depois comentamos aqui o veredito. Para entender do que se trata, veja aqui.

UEDA: voltou? click2see.

11.06.01

Estivemos no megacampeonato de skate no Parque da Independência, no Ipiranga. Quando chegamos o show do Possemente Zulu estava quase acabando mas curtimos o que deu pra ver. A final foi emocionante, com um público enorme e performances de altíssimo nível dos profissionais. A disputa maior estava entre Cris Mateus, Lincoln Ueda, Bob Burnquist (atual campeão mundial), Sandro "Mineirinho" Dias, e Pierre Luc Gagnon. Quem levou a melhor foi o Bob (o "Guga do skate" como disse o Thronn), apesar da preferência visível do público para os aéreos muuuito altos do Ueda. Hoje em dia na visão dos juízes em campeonatos, manobras de borda mais técnicas, switchstances, reverts, etc, valem mais pontos. São bem mais difíceis, mas para quem não pratica ou não conhece não impressionam tanto. Bob embolsou US$ 11.000, e Ueda US$ 5.000, na maior premiação já distribuida em um evento de skate no Brasil. A rampa, perfeita, também foi elogiadíssima pelos atletas, e vai ficar no país.

O melhor foi encontrar vários amigos, como Binho, Thronn, Esquilo, E.T., Taroba, Kdra, Claudinha, Adrian Kojin, e outros. Não ficamos pra assistir ao show do Rappa. Apesar do patrocinador não credenciar o LOST ART, "não estamos interessados em sites" (foi de última hora mesmo), a gente ainda chega lá... Fotos aqui.
foto © Binho

Lola vai de filme nacional e assiste A Partilha. Binho, grafiteiro há oito anos, escreve de Belo Horizonte e pede para que as páginas de graffiti tenham fotos de outras partes do Brasil. Temos uma página de graffiti pelo mundo, e também o Espaço Aberto, só para colaborações. É só mandar. O Binho mandou uma foto, que você pode ver ao lado.

Nosso amigo Alê Silva da Casa de Pedra, embarcou para o Peru para escalar o Alpamayo (5947m), uma das montanhas mais belas do mundo. Desejamos boa sorte e uma escalada segura para toda a equipe. Always Respect the mountain.

Para entender o furo do Sérgio Faria visite estes sites: Catarro Verde | Makira | matéria no Estadão

10.06.01 . . . u p d a t e s

Fetiche de muitos homens e mulheres, objeto do desejo...quem resiste a um belo par de PERNAS? Fizemos mudanças na página principal, agora sempre com uma imagem pra destacar alguma seção. Outros detalhes foram arrumados, mas pouca gente vai perceber... Várias páginas novas em andamento, mas o sentimento de atraso permanece. Tempo é o que há de mais valioso.

Pra sair da rotina, a Lou cortou os dreads e mandou um purple hair. Fotos quando rolar. Será que a gente vende os dreads no e-bay?

09.06.01

Hoje vamos de South Bronx wildstyle: Mare139. E não é só aqui no Brasil que as editoras e empresas abusam dos direitos dos colaboradores...

08.06.01

A Red Bull está realizando vários eventos esportivos inéditos. Enquanto é realizado um campeonato de ondas gigantes na África, rola aqui em SP o Red Bull Skate Pro. Vale a pena ir ver Bob Burnquist, Mineirinho, Ueda, Sergie Ventura, e outros andando em uma rampa perfeita. A nossa amiga Christiane mandou fotos, direto da Alemanha, de outro evento Red Bull. Uma corrida pra ver quem chega primeiro no chão, o b.a.s.e. jumper Felix Baumgartner vs. Dirk Auer (recordista mundial de velocidade em patins-307km/h!), ambos saltando/descendo de um prédio... Interessados em publicar entrem em contato.

Falando em atletas Red Bull, visite o site do austríaco Felix Baumgartner , que bateu o recorde do b.a.s.e. jump mais baixo do mundo (29m) ao saltar do Cristo Redentor no Rio (foto aqui), e é também recordista do b.a.s.e. mais alto do mundo, do Petronas Tower na Malásia (451m).

foto copyright Ignacio Aronovich

E já que ontem falamos de cópias... Sérgio Faria mandou bem ao desmascarar o plágio do discurso do ACM.

07.06.01 Pronto-socorro

Conhecemos Gisélia durante um trabalho em estúdio. Aproveitamos para fazer algumas fotos e perguntas. Ouça e veja aqui.

A Trip lançou uma revista nova, a TPM. Legal. O marketing da revista é tipo, "a revista que não trata as mulheres como idiotas". Eles tem razão. A maioria das revistas (e não só as femininas) trata seus leitores como verdadeiros "manés". Alegam que o leitor está gordo, não sabe trepar, que precisa de um monte de bens de consumo que eles querem empurrar (e que coincidentemente são sempre os vendidos pelos anunciantes da mesma). É uma sacada boa, mesmo que não seja original. A revista Blue, (americana, não a Australiana-sensacional-de fotografia) publicou uns quatro ou cinco meses antes da TPM sair, um editorial dizendo exatamente isso: que a revista não existia para dizer como o leitor é inadequado, incompleto, etc. Quem assinou o texto foi a editora Amy, que eu conheci no Maranhão no ano passado durante a cobertura da ELF para a Playboy. A Blue é bacana, e tem o Pelton no conselho editorial. Já a TPM ainda está começando, mas tem futuro.

E não chegou ao nível da revista da MTV que copiou o editorial inteiro do primeiro número da Simples. Que feio, né?

Pior é quando outras revistas ligam pra gente, oferecendo um trabalho editorial, e mandam a "referência": um recorte de uma revista gringa, e pedem pra fazer igualzinho. Isso acontece direto. Então, antes de gastar o seu dinheiro suado, pense bem e pergunte: estou comprando algo que me acrescentará alguma coisa, ou existe somente como desculpa para atingir um alvo demográfico de consumo? Pegamos pesado? Comente aqui.

Update: No melhor estilo instant-reply, Fernando Monteiro acrescenta: "Não acho que pegaram pesado, quem está pegando pesado é essa galera mirando o seu marketing para uma massa ingênua e sem condições de obter informações decentes. Alguns veículos de comunicação ultrapassaram a barreira do mau gosto faz tempo. Esses porras querem a moçada cada vez mais burra, isso é triste! "

The Web is not in trouble. Big businesses are, when they think they can own or master it. do 2nd site. E hoje em Ubatuba tem debate sobre LIXO e reciclagem. Caio (ASSU) fazendo sua revolução...

06.06.01 Happy Birthday Lola!

Louiseos Gêmeosos GêmeosHerbert
Ao botar pra lavar uma calça achei o bilhete do filme que assistimos em NY com osgêmeos e o Herbert.
Galápagos, foi filmado (no formato IMAX), durante 14 semanas e misturou uma expedição científica (do Smithsonian Natural History Museum) com entretenimento (o filme). Mais de uma dúzia de novas espécies marinhas foram descobertas no arquipélago durante as filmagens. Por US$ 10, é o melhor mergulho que você pode fazer sem se molhar. As cenas submarinas em 3D são uma espécie de "Being David Doubilet". Como se qualquer um pudesse virar o melhor fotógrafo sub-aquático do mundo.

E já que a gente estava falando em Ilhas... ontem chegou um e-mail do autor do livro Discover the Islands of Ireland, o holandês Alex Ritsema. Ele andou visitando as páginas da Ilha de Trindade e precisava de algumas dicas, já que ele está trabalhando em um livro sobre ilhas isoladas do Atlântico e quer ir pra lá. Eu também adoraria voltar...

05.06.01

Update antes tarde do que nunca: Com alguns meses de atraso, e sem os textos prometidos por alguns amigos, a página da Mostra do Redescobrimento. Pelo menos tem links, e as imagens.

Buscas estranhas: Algumas frases utilizadas no Yahoo que levaram algumas pessoas a este site: "fotos abusadas", "bêbada", e "sexo de cleópatra" (!)... Bom saber. A gente nem desconfiava que tinha tudo isso aqui...

Ontem fomos ao MIS (que parecia estar fechado de tão escuro que estava na entrada) para ver a retrospectiva de fotojornalismo. Não nos empolgamos muito. Apesar de ver algumas imagens realmente boas, achamos que a montagem foi mal editada. Pra quem assina o Estado e a Folha, várias imagens que marcaram estavam ausentes. Mesmo assim, valeu a pena conferir.

"Os políticos estão apagando tudo para a gente não ver nada.", frase do dia, por Maká.

04.06.01

Lola critica Pearl Harbor. Hoje começa o racionamento de energia residencial em SP. Combatendo a injustiça, a dica pra quem sempre economizou energia e vai ter que diminuir ainda mais tá aqui. Mais barato que isso só esse aqui.

03.06.01 LOST Pages

Japanese Ink por Jun em quatro etapas. As fotos E as tattoos são feitas pelo Jun. Tem uma galeria inteira de fotos dele aqui, de bandeja, já que ninguém encontra, porque o link não é óbvio...
A vantagem de ter os webtrends semanais é poder acompanhar de perto as informações sobre os acessos ao site. Dá pra descobrir algumas páginas que ninguém encontra, ver qual foto é a mais vista... além de saber quem manda mais gente prá cá. Por outro lado, a curiosidade aumenta quando a gente vê que tem umas quarenta e duas visitas vindo da Arábia Saudita e não dá pra saber QUAIS páginas eles viram... E quem será que está vendo este site no Qatar? Os países que mais visitam este site são, na ordem: Estados Unidos, Brasil, Portugal, Alemanha, Reino Unido, e Japão.

02.06.01

O amigo Luciano KDRA comemora: já são mais de 500 cópias vendidas do Brazilian Riders 2. O vídeo inclui imagens sensacionais de mountain bike. Veja o clip do Josh Bender (quem?) em um drop gigante, que terminou em uma ambulância. Outros destaques da fita são as apresentações de bike trial, e o segmento dos X-games. Ao invés de comprar deste site, ligue para Dona Helena, a vó do KDRA e compre diretamente, (_11)5579-2648.

Sites de fofoca e outros inúteis continuam, mas o Fotopro não será mais atualizado. É uma pena.

Tem página nova de feedback, com scroll horizontal, só pra variar.

01.06.01 Programa de Índio

Ontem o André veio pra cá durante o rodízio pra fazer o cartão novo da B.P.C., feito especialmente para o dia dos namorados (veja aqui). Ficamos sabendo que ele estava com hóspedes especiais em sua casa: dois índios Kalapalos, Jauá e Lapzumi. Como já era tarde e bateu uma fome, decidimos convidá-los para jantar. Daí a dúvida: índio atende telefone? Atende. Passamos para buscá-los na casa do André, e mesmo sob o frio de junho, Jauá abriu a porta de shorts e havaianas, dizendo que estava confortável assim. Eles se vestiram e fomos para a Trattoria da Turiassú, onde tivemos o privilégio de conversar com Jauá, que domina o português. Lapzumi só fala caribe, a língua dos Kalapalos. Ele revelou preferir ficar na reserva, onde "ninguém cobra nada" e pode pescar e viver tranquilamente. Mesmo assim considera São Paulo uma viagem necessária, "senão a gente fica pobre". Eles vem pra cá, vendem artesanato, e voltam para a tribo, onde suas famílias os esperam. Um dia vamos visitá-los...

Enquanto os Kalapalos lutam para sobreviver, a classe política continua transformando este país em uma piada. ACM Filho? gimme a fucking break.

Os updates de maio estão aqui.

photos copyright © Louise Chin & Ignacio Aronovich

 
arquivo: outubro | novembro | dezembro | janeiro | fevereiro | março | abril | maio | junho 16-30 | ultimos udpates