english version

Vivemos em uma época em que modelos siliconadas,*lipoesculpidas, e bronzeadas artificalmente vão direto para as capas de Playboy. Modificações corporais viraram até matéria de capa de revistas semanais de informação, confirmando a insatisfação das pessoas __ com sua própria imagem.

Roberto Medeiros, um jovem de Florianópolis, modifica seu corpo no mais puro estilo, "faça você mesmo". Buscando informações e técnicas na Internet, ele explora seus próprios limites com perfurações, alargamentos, cicatrizes, e outras experiências.

Ao fotografa-lo para uma peça promocional, ficamos curiosos sobre os motivos e razões para suas modificações, e decidimos entrevistá-lo.

Leia abaixo suas respostas.

QUAL É A PERGUNTA MAIS FREQUENTE NAS SUAS ENTREVISTAS?
Se dói, porquê eu faço isso, se uso drogas, se eu não tenho medo de me arrepender, etc.
As respostas dependem do dia, e do meu humor :)

VOCÊ SE ACHA DIFERENTE DOS DEMAIS?
As pessoas são diferentes uma das outras, mesmo sem modificações. Eu não tenho muitas modificações visíveis e não me sinto diferente esteticamente de pessoas sem as mods.

COMO AS PESSOAS DE SUA CIDADE (Florianópolis) REAGEM AS MODIFICAÇÕES?
Não há muita diferença entre Florianópolis e São Paulo. As pessoas fazem as mesmas perguntas e reagem da mesma maneira. É algo totalmente novo para minha família - eles não conviveram com isso. Ainda assim, têm amor e respeito e por mim.

VOCÊ TEM ALGUMA INSATISFAÇÃO COM SEU "ESTADO NATURAL"?
Não existe um "estado natural" - você cresce, escolhe seu corte de cabelos, suas roupas, modificações, etc. Não há diferença entre uma pessoa modificada, com tatuagens, piercings, implantes, e uma modelo lipoaspirado, com próteses de silicone e bronzeamento artificial. Os motivos variam de pessoa para pessoa e de modificações para modificações. Minha cicatriz da mão, por exemplo, não tem nenhuma relação com minha língua.

QUANDO COMEÇØU?

Comecei em 1997, fazendo uma tatuagem em cada pé.

DARIA PRA FAZER UMA LISTA DAS MODS QUE VOCÊ FEZ NA ORDEM EM QUE FORAM FEITAS?
Eu já fiz e removi várias perfurações - testa, língua, lábios, papada do queixo, mamilos, antebraços, umbigo, escroto. Eu ainda não retirei minhas sobrancelhas, apenas as raspei - ou seja, não é uma "modificação" realmente, é como cortar o cabelo. No momento, tenho 4 tatuagens (uma em cada pé, na coxa e nas mão), 2 cicatrizes (mãos e barriga), um Prince Albert de 1/4", septo 1/2", lóbulos das orelhas 9/16" (pretendo chegar a 1 1/2 - 2"), postectomia e tongue splitting.

E AS SUSPENSÕES? QUAL É A SENSAÇÃO?
A primeira suspensão foi meu presente de aniversário, quando completei 18 anos. Apesar de ter sido por pouco tempo, fiquei feliz por não ter desmaiado ou ter tido qualquer outra reação adversa. A segunda suspensão foi realmente melhor que a primeira, e a terceira melhor que a segunda. Estou preparando a quarta, pelos joelhos, e acho que vai ser melhor ainda. :)>
Você fica fora do chão, voando. Se sente solto, apesar de estar preso por toneladas de ganchos. Eu acho divertido - não gosto de ser suspenso e ficar em um canto, sozinho, meditando. É mais uma maneira de se divertir.

 

#660

01 | 2 | 3 ___ style | lost art

foto copyright © Louise Chin