World's Most Dangerous Places
        bang!
foto copyright © Robert Young Pelton


O que você acha sobre corridas de aventura e o boom do mercado outdoor/aventura?
Corridas de aventura são masturbação de lycra. Eu tive que atravessar na frente do exército Russo invadindo na Chechênia enquanto atiravam foguetes e sinalizadores em nós. Isso é que é corrida de aventura! Corridas de aventura são só uma atividade promocional que permite que as pessoas vistam roupas engraçadas e façam propaganda de marcas de estranhos. Não faz nada pelo país, pelo povo, ou pelo conceito de yuppismo ocidental. Seria legal ver todos esses atletas ricos, saudáveis, ocidentais usarem todas essas calorias para cavar um poço ou construir uma escola!

Após todos estes anos você acha que fez alguma diferença de alguma forma?
Isso ainda será visto. Eu recebo cartas de pessoas que me agradecem por ter mudado suas vidas. Então quem sabe sim, quem sabe não.


Muitas vezes estamos muito próximos do perigo e não temos idéia. A ignorância seria a raiz da aventura?
Em alguns casos, sim. Não há nada mais monótono que uma aventura bem planejada!


Após testemunhar tantos horrores em zonas de guerra, ver atrocidades e vítimas da violência, é possível permanecer imparcial?
Não. Eu compreendo a razão pela qual as pessoas lutam em guerras. Eu não gosto do fato que pessoas civis estão nas linhas de combate. Eu assisti aos Russos matando suas próprias pessoas em Grozny enquanto eles bombardeavam apartamentos e hospitais e pensava porque nós permitiamos que isso continuasse.

Como suas filhas lidam com a escolha da profissão do pai? Você aceitaria se elas escolhessem um caminho similar?
Elas se envergonham porque todos os seus namorados querem me conhecer. Mas nós também curtimos muito a companhia uns dos outros. Elas são muito bacanas, e um dia farão grandes coisas.

        bang!

Jogo Rápido:

Trilha sonora para uma zona de guerra: Tangerine Dream, Pink Floyd e remixes de Depeche Mode

Souvenir favorito de uma zona de guerra: cartuchos usados, fragmentos, e os objetos que algumas pessoas depositam em minhas mãos.

Foto inesquecível que você não tirou: minha jovem garçonete em Uganda olhando para mim com fraturas expostas nas pernas após a explosão de uma bomba minutos depois que havia saido dali.

Pior ressaca de todos os tempos: Chicago, eu esqueci que os bares fechavam depois da 1.


1 | 2 | 3 | 4 | RYP - Livros e Links

english version | lost art